- Destaques, Educação

Universitários superam meta de arrecadação de cestas básicas

As noções de solidariedade e agilidade foram atualizadas com sucesso por estudantes da UFRGS e da PUCRS. Mesmo sem aulas presenciais, em poucos dias, eles se uniram e superaram a meta de arrecadação de alimentos para serem entregues a famílias da Ilha das Flores, na capital gaúcha.

Por Fabíola Brites

O objetivo era arrecadar cestas básicas para beneficiar 18 famílias de crianças e adolescentes que participam de projeto social em Porto Alegre, mas a ação dos universitários superou as expectativas.

Em poucos dias, Os Tigres, Associação Atlética Acadêmica do Parque Esportivo da PUCRS, e a A3CO, Associação Atlética Acadêmica do Campus Olímpico da UFRGS, visitaram a Alliance Cristo Redentor, academia de jiu-jitsu onde as crianças treinam, e decidiram que era hora de agir.

Queriam dar uma resposta rápida a pessoas atingidas pela crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus, auxiliando com mantimentos.

Estudantes

Depois de lançada a campanha, por meio das redes sociais, os estudantes dos cursos de educação física, fisioterapia, enfermagem e dança, das duas universidades, reuniram além do esperado.

Entre cestas básicas prontas e mais de 70 kilos de alimentos, eles conseguiram o suficiente para atender os participantes do Projeto Sabiá e outras famílias da Ilha das Flores, região que concentra população de baixa renda na capital gaúcha.

Cauê Soares, da A3CO, da Ufrgs, Jade Gularte, dos Tigres, da Pucrs, e Johnny Loureiro, da Alliance Cristo Redentor. Fotos: Divulgação

Desde que a ação começou a ser divulgada, passaram-se pouco mais de duas semanas. A agilidade com que mobilizaram-se, e o resultado obtido, dão a entender que, até quem costuma deixar para entregar trabalhos e tarefas de aula na última hora, agiu rápido.

Uma prova de que, quando a finalidade é justa e a causa é nobre, os estudantes se antecipam aos prazos e dão o melhor de si. Foi o que fizeram.

Mobilização

Jade Gularte, que estuda educação física na PUCRS, e uma das coordenadoras da ação, explica que as doações foram feitas por universitários de diferentes bairros da cidade, que mobilizaram-se para buscar nas casas.

O montante arrecadado foi entregue nesta segunda-feira, na academia de jiu-jitsu, no bairro Floresta, onde as crianças da Ilha das Flores treinam duas vezes por semana.

Obedecendo as normas de distanciamento, em função dos cuidados impostos pela covid-19, os alimentos foram entregues, já em embalagens higienizadas, em horário em que os menores não estavam.

A academia fará o repasse às famílias nos próximos dias, mas o moodle, com nota máxima para os estudantes em solidariedade, já pode ser atualizado com sucesso, professores!

Matérias Semelhantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *